Em terras de Sua Magestade

O balanço da minha primeira semana em Portsmouth é muito positiva.

O departamento de línguas está habituado a ter imensos alunos estrangeiros, ouve-se todo o tipo de línguas só de andar a passear nos corredores. Talvez por isso todas as pessoas que cá trabalham sejam tão simpaticas e prestáveis. Tenho recebido indicações preciosas, ajuda e sorrisos de todo o lado da universidade.

O departamente de arte e tecnologia – arts and creative technologies department –  tem umas condições brutais.

Por todos os edifícios há salas de estudo com ou sem computadores. Os do departamento de línguas arrastam-se, é tudo muito antigo. No departamento de arte e tecnologia à IMacs por todo o lado! Também há alguns windows, mas são um minoria, felizmente. Estes não se arrastam muito, mas afinal não são tão perfeitos como eu pensava.

As refeições… Pois bem para quem gostar de comer sempre a mesma coisa é o sítio perfeito. Primeiro comer por menos de 4£ é milagre. Segundo, os ingleses não têm propriamente hora de almoço, então tudo o que é refeição para o suposto “lunch” varia entre hamburguers, fritos, queixo, batatas fritas, sandes, snacks… Não há sitios para se sentar de faca e garfo a comer um bom bife ou uma bela sopinha. No máximo pode-se procurar restaurantes que terão as mais diversas nacionalidades, serão mais caros, e nunca serão ingleses.

O alojamento – ganhem o euromilhões, ou façam um bom plano poupança. As residências são carissímas, qualquer coisa entre as 80£ e as 110£ por semana. Alugar um quarto, bem, já depende das sortes, mas contem com pagar em média 300£ por mês mais contas, que também não são fofas. Deêm por felizes de não pagarem as propinas.

As saídas a noite, lamento, mas não conheço. Não é por falta de vontade, mas eu estou num regime um bocadinho diferente do “normal” e estou amigávelmente alojada em casa de amigos a quem não pago nada. A consequência é ficar a meia hora de distância de Portsnouth, portanto as noitinhas são passadas em casa. Tal acontece porque eu fiz protocolo muito tarde com Portsmouth e já não fui a tempo de conseguir bolsa, portanto ponham-se espertos.

Esta é a descrição mais simples que posso fazer de momento. Entretanto eu vou fazendo descrições mais detalhadas em www.suspensorio.inesamorim.com (para quem quiser saber mais) e há medida que souber de mais coisas úteis darei uma apitadela 😉 .

Divirtam-se aí por Portugal, que não é tão mau quando se está cá fora.

A prosito, eu sou a Inês Amorim do 3º ano de NTC.

Inté,

Inês

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s