Weimar [Bauhaus Universität] antes do início do semestre

As aulas aqui só começam em Abril e só nessa altura saberei que disciplinas vou ter. Ainda assim, já tenho algumas dicas para dar a quem esteja a pensar vir para a Universidade onde nasceu o funcionalismo arquitectónico, agora situada na cidade onde viveram Goethe, Schiller, Bach e Lutero, centro cultural e, outrora, político da Alemanha. (Sim, estou muito orgulhosa do sítio onde estou agora.)

Este mês de Março é o mês das viagens e do curso de Alemão. Aconselho vivamente a frequência deste curso. A candidatura é feita juntamente com a candidatura à Universidade. No início faz-se um teste para colocar cada pessoa no seu nível de alemão. Há 9 níveis diferentes. O 1º é para quem não sabe mesmo nada e o 9º é para quem já só precisa de se aperfeiçoar. Um colega meu ficou nesse 9º nivel. Eu, que tive um semestre de alemão em Aveiro, fiquei no 3º. O curso é intensivo. Além de se aprender Alemão, o curso é óptimo para conhecer pessoas. E isso, nesta altura em que só as pessoas do curso de alemão estão em Weimar, é muito importante. Os alunos “normais” estão nesta altura de férias.

Weimar é uma cidade pequena, não é preciso transportes públicos. Para ir até às cidades vizinhas, o cartão da universidade que nos dão permite fazê-lo de borla. O cartão funciona, também, como bilhete de comboio, portanto. É maravilhoso. Para outras deslocaões aconselho a bicicleta, apesar do relevo da cidade. Eu ainda não comprei uma, mas uma compincha minha comprou uma (roxa, muito bonita, chamada “violet thunder”), em 2ª mão, por 40€. Já agora, para o nome da bicicleta não ser informação inútil, se estiverem curiosos em relação às actividades dos novos alunos na bauhaus este semestre, pesquisem no facebook pelo grupo com o nome da bicicleta.

Os preços em geral, aqui, não são muito diferentes dos portugueses, plo menos em comida e assim. Os cremes, para quem tem frieiras, são mais baratos. A cerveja, num bar, ronda os 2/3€ cada copo de 0,5l. As garrafas de 33 ou 50 cl rondam os 0,60€ cada no supermercado, o que faz com que a cerveja seja mais barata que a água. A cerveja de Weimar, da marca “weimarer” não é grande coisa e morre depressa. A cerveja da Turingia, muito bebida por aqui, é barata e não é má mas não é muito diferente da portuguesa. Quem gosta de cervejas mais “a sério”, com sabor a sério, tem muito por onde escolher. Há até uma cerveja com banana. Nunca experimentei. A moral da história da cerveja é, aqui há várias, não caras, e a dose mínima é 0,5l. Estou à espera de ir à Baviera, região onde se situa Munique, para experimentar a dose alemã, a Maß, 1l.

Outra coisa muito importante: atenção à candidatura à residência! Com a candidatura à universidade entrega-se também a candidatua a alojamento. Nessa altura pode-se concorrer a residência ou a apartamento. Quem escolhe residência pode escolher 3 da lista fornecida. Depois fica-se onde há lugar. O meu conselho é: não assinalem jakobsplan! Eu assinalei porque era uma das mais próximas da universidade. Não é um bom critério. A cidade é tão pequena que a residência mais afastada é muito próxima da universidade na mesma e os preços sao semelhantes, rondam os 150/170€. Jakobsplan, onde fiquei, é a pior residência de todas. E a maior. É um edifício horrivel, alto, bem ao jeito soviético. Tão soviético que a casa de banho é supr partilhada, tão partilhada que o banho é partilhado com as 3 pessoas que podem frequentar o corredor para onde dá a porta do quarto. Já vi mais 2 residências e são bem mais jeitosas. A mais bem localizada, das jeitosas, fica em Hummelstraße, a outra, mais jeitosa, mas mais longinho, fica na Lienizallee. Essa é maravilhosa, super moderna e cheia de vidro. Creio que foi concebida por um arquitecto da Bauhaus.

Para esclarecimento de dúvidas, utilizar a área de comentários.

Advertisements

3 responses to “Weimar [Bauhaus Universität] antes do início do semestre

  1. oi,
    estou muito interessado em fazer faculdade de engenharia civil ai na Bauhaus.

    entrei em contato com uma coordenadora de alunos estrangeiros por email.

    e ela me mandou uns formulários para serem preenchidos.

    a minha duvida é a seguinte:
    A Bauhaus eh uma universidade particular? se sim quais os valores para se estudar ai.

    tem algum tipo de moradia e refeição gratuitos para alunos?

    obrigado pela atenção

    • Hallo,
      Não, a Bauhaus é uma Universidade pública. Não sei quanto se paga.
      Não vais fazer Erasmus?
      Eu, como sou Erasmus paguei 70 ou 90€, já não me lembro bem, pelo cartão de estudante que é também bilhete de comboio para um semestre.
      Não há refeições gratuitas. As refeições nas cantinas variam entre os 1,50€ e os 4€, dependendo do prato, acompanhamentos, bebida e sobremesa.
      Estadia também não é gratuíta. Creio que arranjar estadia não é um problema. Há muitas residências para estudantes e quartos para alugar. Os preços (das duas coisas) variam entre os 155€ e os 300 e picos, creio. Há residências muito jeitosas e residências muito pouco jeitosas. Cuidado que algumas são longe de quase tudo.
      Não sei como funcionam bolsas aqui. Se for como em Portugal, talvez consigas algumas destas coisas gratuitamente, não sei. :s
      Pergunta à senhora com quem falaste, que deve ter sido a Evelyn. Podes perguntar-lhe tudo o que quiseres, a senhora é simpática e muito acessível. =)
      Se tiveres mais questões, não hesites em perguntar. =)

  2. undomiel…
    Muito obrigado mesmo pela resposta.
    foi perguntar mais coisas para Frau Evelyn.
    obrigado msm pela atenção

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s